Curso Objetivo

Login ou senha incorretos
0800 77 00 189                

O Bom Português


Temos menas razões ou menos razões de estar felizes?

Menos, seja como advérbio (choveu menos), seja como preposição (tudo, menos isso), seja como pronome (mais sol e menos chuva), seja como substantivo (o menos é preferível ao mais), é uma palavra invariável. O vulgarismo menas, em função pronominal, “concordando” em gênero com o substantivo seguinte (“isso é menas verdade”), é um caso de hiperurbanismo ou ultracorreção. Ou seja, para evitar uma forma que lhe parece estranha ou errada (como se em menos fé houvesse erro de concordância), o falante inculto a substitui por outra que lhe parece mais correta ou mais culta (“menas fé”).

Confira mais dicas.